Ads 468x60px

domingo, 3 de novembro de 2013

PERDENDO A PACIÊNCIA

Igreja Vitória

Você já teve a impressão de que sua paciência está se esgotando? Creio que  somos como bolha de sabão: altamente explosivos!
Será que somente nós estamos perdendo a paciência? Elben M. L. César, em seu devocionário Refeições diárias com os profetas menores, comenta a respeito:
‘‘É uma imprudência abusar da misericórdia divina. A paciência de Deus tem limite. Se não tivesse limite, a salvação acabaria sendo universal. Não haveria diferença entre o justo e o ímpio. A justiça seria totalmente diluída pela injustiça.
O alvo maior de qualquer pessoa culpada é a anulação do castigo correspondente à culpa. Graças à misericórdia divina isso é perfeitamente possível, ‘porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna’ (Jo 3.16).
Em Amós (1.3b) está registrado: ‘Não anularei o castigo’. Mas em Sofonias (3.15) registra-se algo inverso: ‘O Senhor anulou a sentença contra você’. Fica-se com Amós ou com Sofonias?
O certo é acreditar nas palavras de ambos, que não são conflituosas. A anulação da sentença ocorre quando há tristeza pelo pecado e conversão. A não-anulação ocorre quando não há nem tristeza nem conversão.’’
A paciência divina não é oportunidade para continuarmos pecando. A paciência nunca é oportunidade para que o mal continue sendo um mal! Ela é a oportunidade que Deus dá para que abandonemos o caminho mal e busquemos o bem através de seu perdão.
Pense bem. Talvez não seja somente a sua paciência que esteja se esgotando. A paciência de Deus em relação a seus pecados e ingratidão talvez esteja por um fio. Aproveite o tempo aceitável do Senhor e busque nele salvação e perdão.
Espero que você esteja perdendo a paciência com a maldade de seu pecado. Deixe-o, livre-se dele, e abrace a Jesus como Salvador e Senhor!
Tenha uma semana vitória em Deus!

Rev. Lucas Guimarães

* * *
"A paciência divina não é oportunidade para continuarmos pecando."
* * *

Igreja Presbiteriana Vitória

Nenhum comentário:

Postar um comentário