Ads 468x60px

domingo, 15 de setembro de 2013

CURADOS PELA ORAÇÃO E CONFISSÃO

Igreja Vitória

Os traumas e feridas da alma precisam de cura. O corpo também precisa de cura. A igreja é uma comunidade terapêutica. Ela jamais deve perder essa condição. Ela segue seu Mestre! Tiago recomenda a pratica da confissão e da oração como meio de obter a cura.
Quanto a oração, sabemos que não somente a intercessão dos presbíteros tem função terapêutica. Cada crente deve exercer essa pratica como meio de obter cura do Senhor – na alma e no corpo. A oração do justo pode muito em sua eficácia. Uma dessas possibilidades da oração do justo é que Deus produz cura nas pessoas.
A prática da oração é por todos incentivada. Todavia, a pratica da confissão é muito negligenciada. A causa dessa negligência pode ser encontrada no fato da igreja não entende a poder contido no ato da confissão para libertar a alma das prisões do pecado e nem ter uma noção correta da vida privada. Existe o medo geral de que a confessado se torne pública. É notório como a igreja tem dificuldade em manter o secreto da confissão. Alguém acham melhor mesmo entrar no quarto e orar somente a Deus em secreto e ser por ele recompensado do que correr o risco de confessar ao irmão e ver seu nome e imagem aviltados. A ordenança bíblica, por sua vez, contempla os dois tipos de confissões como sendo necessárias ao crente. Feliz aquele que encontrou no irmão o ambiente propício à confissão. Nesse ambiente Deus derrama a unção curadora do Espírito Santo e o perdão é dispensado.
O ato da confissão requer da pessoa que escuta que ele seja seguro na fé para não se escandalizar; seja discreto para não tornar público; e seja um suporte e não um cúmplice e estabeleça o amor de Deus através da exortação e do chamado à novidade de vida.
O efeito da oração não se encontra no mérito humano. Tiago motiva os crentes ao mostrar que Elias, apesar de todos os feitos realizados, era homem como nós. Em outras palavras, ele quer mostrar que tudo depende da atuação de Deus e não do mérito humano. Deus responde a Elias não porque ele cumpriu todos os mandamentos ou porque ele fez isto e aquilo. Deus responde a Elias porque é misericordioso e porque Elias era servo dele. Deus quer usar seus servos como instrumentos. Ele ouve Elias, pois quer fazer dele instrumento de louvor à sua glória.

Tenha uma semana de vitória!

Rev. Lucas Guimarães

* * *
"A igreja é uma comunidade terapêutica. Ela jamais deve perder essa condição."

* * *

Igreja Presbiteriana Vitória

Nenhum comentário:

Postar um comentário