Ads 468x60px

segunda-feira, 27 de maio de 2013

ETERNAS CRIANÇAS!

Igreja Vitória

O autor da Carta aos hebreus (5.11-13), depois de expor diversas verdades sobre a pessoa de Cristo para a comunidade de descendência hebreia  chega a uma constatação decepcionante da igreja que ele pastoreava: ela era criança na fé! Segundo ele, apesar do tempo decorrido, o crescimento próprio não havia acontecido.
Juan Carlos Ortiz, em seu livro O Discípulo, comentando esse texto, declara que recebeu um grande choque quando Deus mostrou que ele e sua igreja eram infantis. Segundo ele, Deus estava dizendo: “O que vocês têm é um orfanato, e não uma igreja. Ninguém ali tem pai, espiritualmente falando. Você não é pai deles - é apenas um atarefado diretor de orfanato. Está conservando as luzes acesas, está pagando as contas e enchendo as mamadeiras de leite, mas nem você, nem ninguém está atuando como pai espiritual para aquelas criancinhas.”
Segundo Ortiz, depois dessa constatação ele começou a perceber inúmeras evidências desta infância per-manente na igreja (sua e nas demais). O mesmo enumera algumas dessas evidências:
1. É prova de imaturidade o fato das orações serem sempre as mesmas - seria próprio que o relacionamento com Deus agora fosse diferente de quando a pessoa foi salva e que seus interesses e intercessões conseguissem mapear a plena vontade de Deus e fugissem dos interesses egocêntricos. Se um adulto ainda fala como criança consideramos patológico esse fato;
2. É prova de imaturidade as divisões que há na igreja - a Igreja de Corinto convivia com grupos e partidos. Paulo de cara constata: é meninice! É próprio de crianças brigarem por seus brinquedos;
3. É prova de imaturidade estarmos sempre mais interessados em receber do que em dar - as crianças, constante-mente, vivem pedindo algo a seus pais. A pessoa madura sabe dar. Dar é um atributo de um adulto;
4. É prova de imaturidade a falta de obreiros na igreja - quantas pessoas que já são crentes há décadas e ainda não conseguiram levar outros a Cristo. O máximo que fazem é convidar alguém para assistir ao culto;
5. É prova de imaturidade não crescer no conhecimento das Escrituras e viver nos rudimentos da fé - as mesmas dúvidas que requerem as mesmas exposições bíblicas para satisfação temporária dos antigos apetites.
A estatura de homem e mulher segundo a pessoa de Cristo é nosso alvo. Menos do que isto é pedir a mamadeira! Que Deus nos dê o crescimento para que em nós resplandeça a glória de Cristo!

Tenha uma semana vitoriosa por Cristo Jesus!

Rev. Lucas Guimarães

* * *
 “O que vocês têm é um orfanato, e não uma igreja. Ninguém ali tem pai, espiritualmente falando."

* * *

Igreja Presbiteriana Vitória
Adorar a Deus, amar Jesus, e torná-lo amado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário