Ads 468x60px

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

CRÔNICA: NATAL, SORRISO DE DEUS!

Uma noite como todas: o manto do sol. As estrelas no céu, como sempre, brilhantes. E a solidão, essa companheira de outrora, embala o sono dos pastores.
O sereno cai. A umidade massageia as campinas. Um vaga-lume tenta imitar as estrelas cadentes e risca o céu com sua luz. Tudo dorme. Até as rochas de Belém, de encanto singular, parecem sonhar.
De repente, abrem-se as cortinas do céu. A orquestra de Deus afina seus instrumentos e ensaia sua grande apresentação. Como sempre, irá cantar para Deus, o autor de toda melodia e único expectador na platéia celeste: a ele seja todo o louvor! Mas a ordem é outra: “Cantem para os homens!” O coral não compreende. É ai que percebe que a platéia era os pastores no campo que, embalados pela cantiga das aves noturnas, tomavam por travesseiro o frio. E parece que naquela noite tudo cantava!
No horizonte uma estrela brilhou. No céu uma atmosfera de alegria indizível enche anjos e patriarcas. É proclamado que na terra a vida eterna acabava de nascer e a felicidade acabava de reinar.
Naquele momento, de tanta alegria, o coral não sabe se canta ou chora de contentamento. E que música cantar? Como expressar toda a maravilha que acontece no céu e na terra ao mesmo tempo?
Então, começam a cantar a mais simples canção que já se ouviu no céu, como surgia na terra o mais simples berço, a manjedoura: “Glória a Deus nas alturas, paz na terra e boa vontade para com os homens”.
O coro ecoou na escuridão. Essa música encheu todo o universo de encanto. Até as pedras pareciam naquele momento ter alma. Então, os pastores acordaram e buscaram o Salvador nascido!
As cortinas se fecharam. O céu ressoava de alegria e vida. Foi ai que se percebeu que Deus sorria. E se ele sorria havia esperança para os homens. Era Natal. Era o sorriso de Deus! Era Jesus Cristo que nascia para nos mostrar que a graça de Deus é melhor do que a vida!
Daquele dia até hoje, no Natal lembramos que Deus um dia sorriu para nós e que novamente poderá sorrir e nos ajudar a carregar a cruz.
Feliz Natal!

Rev. Lucas Guimarães

Igreja Vitória - Praia Grande/SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário