Ads 468x60px

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

PASTORAL 31/07: A PRINCIPAL FUNÇÃO DO ESPÍRITO SANTO


      J. I. Packer em seu livro “Na Dinâmica do Espírito” propõe responder a pergunta: Qual é a essência, coração e cerne da obra do Espírito nos dias de hoje? Ele escreve que a função do Espírito é tornar “conhecida a presença pessoal no cristão e na igreja do Salvador ressurreto e reinante, o Jesus da história, que é o Cristo da fé”. O mesmo acrescenta: “A Escritura mostra que, desde o Pentecostes de Atos 2, isto, essencialmente, é o que o Espírito está fazendo todo o tempo, enquanto dá poder, capacita, purifica e dirige geração após geração de pecadores a enfrentarem a realidade de Deus. E ele o faz a fim de que Cristo possa ser conhecido, amado, crido, honrado e louvado, que é o objetivo e o propósito do Espírito genericamente falando, assim como é o objetivo e o propósito de Deus Pai, também”.
      O ministério característico, constante e básico do Espírito Santo, nesse momento de relação salvífico-redentora de Deus com a humanidade, é ser o mediador da presença de Cristo para os crentes – isto é, dar-lhes tal conhecimento da sua presença dentro deles como Salvador, Senhor e Deus. Isto está acontecendo de três formas:
      Primeira, através da comunhão pessoal com Jesus – o vaivém do discipulado com devoção vivido pelos discípulos antes da morte de Jesus torna-se uma realidade experimental hoje, embora Jesus não esteja aqui na terra.
     Segunda, transfor-mação pessoal do caráter à semelhança de Jesus – isto começa a acontecer quando olhamos para Jesus como modelo e aprendemos a entregar nossas vidas a ele (crendo que a vida de egoísmo está fadada a derrota). Assumir a vida em Cristo é trilhar pelo caminho do poder e vitória
     Terceira, a certeza dada pelo Espírito de sermos amados, redimidos e adotados – através de Cristo somos parte da família de Deus, a Igreja. Longe de toda a dúvida esse amor divino protege o nosso coração contra os ataques da ansiedade e da autopiedade e afirma nossa estima e pertencimento a uma estrutura (a Igreja) que se move dentro daquilo que é necessário para nossa felicidade e transformação radical de nossas vidas: a graça de Deus comunicada pelo Espírito.
      Cristo está presente na Igreja. É função do Espírito mostrar essa realidade. Em todos os momentos o Espírito Santo está dizendo ao crente: Veja o que Cristo está fazendo. Veja como ele é bondoso, poderoso, gracioso e presente!
      Desejo a você um final de semana abençoado e vitorioso!

     Rev. Lucas Guimarães

     Igreja Vitória - Praia Grande/SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário