Ads 468x60px

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

A GLÓRIA DA CRUZ (GL. 6.14-17)


        Somos reconciliados com Deus pelo sangue, e apenas pelo sangue de Cristo. Todas as seitas, e também os modernistas, omitem o sangue da cruz em seus ensinos e pregação, deixando os seus seguidores sem nenhum conhecimento de Deus. Em que consiste a glória da cruz que Paulo fala em Gálatas 6:14?
      Na própria cruz, nada há glória. Para o romano, ela era um símbolo de vergonha. Só os criminosos deveriam ser apresentados à crucificação. Para os judeus era maldição, símbolo do abandono de Deus. Portanto, na própria cruz não há glória, mas naquele que morreu nela. O evento da crucificação tem glória porque foi a morte de Cristo por nós!
          A glória da cruz reside no fato de que aquilo que era um símbolo de morte tornou-se um símbolo de vida. Levantavam a cruz para a morte. O seu objetivo era a morte. Nela o Salvador foi colocado para morrer. Forca e cadeira elétrica causam terror. Gloriamo-nos na cruz, símbolo de morte, porque através dela fomos vivificados! Através da cruz passamos da morte para a vida. Ao pecador morto foi ministrada a vida.
         A glória da cruz reside no fato de que o que era um símbolo de maldição transformou-se no lugar onde Deus nos libertou da maldição e nos abençoou. Gloriamo-nos da cruz porque a maldição que estava sobre nós foi removida pela morte de Cristo na cruz.
          A glória da cruz reside no fato de que o que era um símbolo de derrota tornou-se o lugar da vitória sobre Satanás. Hoje, quando ele nos envolve em problemas e tenta nos anular, podemos derrotá-lo através do sangue de Jesus: “Eles, pois, venceram por causa do sangue do Cordeiro...” (Apoc. 12:11). Que alegria saber que temos vitória através do sangue de Cristo, derramado na cruz!
         A glória da cruz reside no fato de que o que era marca de pecado, agora é o lugar onde os homens são libertados do pecado: “...e o sangue de Jesus nos purifica de todo o pecado” (1 Jo. 1:7). Fitamos a cruz, e lembramos: ele levou os nossos pecados!
          A glória da cruz reside em sua revelação do amor de Deus. Nenhuma outra religião tem um Deus que ame o seu devoto. Na cruz é-nos demonstrado o amor de Deus que amou o mundo de tal maneira: A cruz é o amor fazendo o supremo sacrifício pelos amados!
         A glória da cruz reside no seu poder libertador e reside na revelação que ela apresenta do que seja real sacrifício. O mundo gira em torno do egoísmo. Deus gira em torno do amor! Ninguém é verdadeiramente feliz até que descubra o caminho da cruz: sacrifício pelos outros!
        Paulo passou por muitas dificuldades. Ele tinha tudo para ser uma pessoa mesquinha e egoísta. Todavia, firmou seu coração numa filosofia de vida excelente: “Longe de mim gloriar-me senão da cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo”. Sua estima estava fundamentada no amor de Cristo!
         Contam que o Imperador Constantino venceu a batalha decisiva de sua vida depois de um sonho onde visualizou uma cruz. Nele uma voz disse-lhe: “In hoc signo vincis – com este sinal vencerás”. O mesmo foi e venceu! Seja, pois, Cristo nossa vitória e triunfo sempre! Pelo sangue de Jesus venceremos!

         Rev. Lucas Guimarães

Nenhum comentário:

Postar um comentário